Moda

Fiever lança coleção para eles

Marca jovem do grupo Arezzo vai investir no público masculino.

26 Ago 2018 15:11

O ambiente é de loja de calçado mesmo: tem vitrine, tem prateleiras, tem pufes para sentar e provar os produtos. Mas as semelhanças com uma loja tradicional param por aí. Som alto e vibrante, telas de LED, displays modernos e uma mesa de personalização dos tênis que deixam a clientela enlouquecida. O novo espaço da marca Fiever, visitado pela Carbono UOMO, fica no Shopping Higienópolis, em São Paulo, é a quinta da jovem brand que pertence ao grupo Arezzo. E foi o próprio diretor-fundador do grupo, o empresário Alexandre Birman, que nos recebeu por lá.
Depois de cortar a fita inaugural e cumprimentar o primeiro cliente da nova loja, Birman explicou que a marca nasceu de um desejo em atrair uma cliente que ele e o grupo ainda não tinha: a adolescente.
“Lançamos a Fiever há pouco mais de dois anos. Ela tem este foco, nesta cliente mais jovem, urbana, com uma pegada de street style e linhas de casual sneakers que podem ser personalizados na própria loja”, disse o executivo.

Alexandre Birman na inauguração da loja Fiever, em São Paulo: crescimento acelerado

Apesar de ser uma marca recente, com apenas cinco lojas, a Fiever já está posicionada em mais de 200 pontos de venda em multimarcas e tem cerca de 10% de seu faturamento em vendas online. O plano para 2018 é de expansão ainda. “Temos um espaço grande para crescer, estamos só no começo”, afirmou Birman.

Linha para eles
Apesar de sua origem ser no segment feminino – com os calçados para elas sendo fabricados no Sul do País – a Fiever começou, neste ano, a apostar também no cliente masculino. “Notamos que os homens que curtem sneakers, ou que muitas vezes acompanhavam suas namoradas, amigas ou parentes em compras nas nossas lojas, pediam por tênis com a mesma pegada street style das coleções femininas”, conta Marianna Arnizaut, gerente criativa e co-fundadora da marca com Birman.
Assim, coleções-capsúla foram lançadas até a consolidação da primeira linha masculina regular, com cerca de 15 modelos, que será oficialmente apresentada ainda neste segund semestre. Serão três linhas distintas, com preços entre R$298 e R$ 400. “A meta é atingir entre 20% a 25% do faturamento total da marca, com estes modelos”, diz Marianna, que afirma já contar com 8% da clientela das lojas formada por homens.
O grupo Arezzo conta com seis marcas de calçados: Arezzo, Schutz, Anacapri, Alexandre Birman (que inaugura neste ano a segunda loja nos Estados Unidos, agora em Miami), a Fiever e a Owme, focada para mulheres mais maduras.

Veja mais