Arte

Vida transformada

Projeto do designer Marcelo Rosembaum é um dos vencedores do 28º Prêmio Montblanc de Cultura, anunciado em Roma.

19 Jun 2019 20:07

A transformação da palha de carnaúba em arte. Restos de pneu e borracha que se tornam joias e peças de decoração. A mobilização de pessoas comuns em torno de um projeto social que promove a inclusão e dá nova vida a toda uma comunidade no interior do Piauí. Agora, este imenso valor acaba de ser reconhecido pela Fundação Montblanc Cultural, que premiou o projeto A Gente Transforma, do designer brasileiro Marcelo Rosembaum, na 28a. edição do Prêmio Montblanc de Cultura, anunciado em Roma, no fim de maio.

 

 

A iniciativa foi criada em 2016 em Várzea Queimada, no interior do Piauí. Multidisciplinar, ela faz com que artistas, designers e pesquisadores desenvolvam novos projetos que busquem preservar o artesanato ancestral da comunidade de Jaicós, no Piauí. As mulheres trabalham no artesanato de fibras vegetais. Já os homens transformam pneus reciclados em artigos de decoração e joias.

 

 

(Fotos: Tatiana Cardeal)
A premiação anual é concedida em 15 países e regiões, destacando a importância do patrocínio às artes em comunidades ao redor do mundo. Rosembaum é, agora, um Patrono das Artes Montblanc. Com isso, a Fundação Cultural Montblanc reconhece pessoas cujo apoio e compromisso inflexíveis permitem que as artes floresçam e se renovem, gerando impacto social em suas comunidades. Desde que foi instituído, o prêmio já distribuiu um total de 5 milhões de euros, beneficiando 180 projetos, em todo o mundo. www.montblanc.com.br

 

 

Veja mais