Arte

Jaguar Parade

A Jaguar Parade, intervenção artística urbana que reúne esculturas de onças-pintadas estilizadas, realizará as pinturas de 90 peças, ao vivo, até o dia 22/09, em um ateliê aberto ao público localizado no Shopping Market Place, em São Paulo.

8 Ago 2019 10:00
Na primeira semana – 6 a 13 de agosto -, os artistas Reynaldo Berto, Erica Morais, Gabriela Miranda, Marcelo Anache e Carolina Massad estarão no local pintando as primeiras onças.  Cada escultura demora, em média, de dois a cinco dias para ser concluída, dependendo da técnica e complexidade. A medida em que ficam prontas, as peças são encaminhadas para um galpão, em São Paulo, e substituídas, no ateliê, por novas que serão pintadas por outros artistas.  As onças serão customizadas por nomes renomados como Antonio Peticov, Panmela Castro, Mauro Neri, Maramgoní, Gustavo Nenão, Marcelo Eco, Binho Ribeiro, entre outros.
 
 
 
 
 
 
 
A Jaguar Parade será a maior exposição a céu aberto da história de São Paulo e tem como objetivo chamar a atenção para a degradação da fauna silvestre do país, em especial da onça-pintada, que corre risco de extinção. Segundo o IBAMA, no Brasil essa espécie é considerada vulnerável e já se enquadra na categoria “quase ameaçada” de extinção. Depois de prontas, as esculturas ficarão expostas por um mês nos shoppings da Rede Iguatemi (JK Iguatemi, Iguatemi SP e Pátio Higienópolis). No final de outubro,  as peças ganharão as ruas e praças da capital paulista.
“A onça-pintada é um dos maiores símbolos da fauna silvestre brasileira, mas infelizmente já é considerada quase ameaçada de extinção. Além de levar arte e beleza para a cidade, a exposição tem como propósito chamar a atenção da sociedade para este tema”, afirma Giovane Pasa, sócio-diretor da Jaguar Parade Brasil. No dia 29 de novembro, data que celebra nacionalmente as onças-pintadas, a Artery, organizadora da exposição, realizará um leilão para arrematar as peças. Metade do valor arrecadado será destinado a entidades originalmente brasileiras com foco na preservação da onça-pintada e de seu ecossistema, dentre elas a Onçafari, SOS Pantanal e AMPARA Animal, e também aos artistas que estilizaram as esculturas.
 
 
 

Veja mais