Trip

Do outro lado do mundo

Com a PRIMETOUR, conhecer a Nova Zelândia é ir além das belíssimas paisagens naturais

7 Dez 2017 11:06

De astral jovem, dinâmico, inovador, a Nova Zelândia é o destino certo para viajantes antenados, que fogem do óbvio e do mais do mesmo. A PrimeTour tem roteiros que levam você a um país que vai muito além de suas belíssimas paisagens naturais, tão conhecidas através do cinema.

Porta de entrada para a Nova Zelândia, Auckland reúne foodies nos ótimos restaurantes de Ponsonby Central! Pertinho dali, a ilha de Waiheke tem tudo para garantir um fim de semana perfeito: galerias de arte, vinícolas renomadas, entre elas a Mudbrick Winery, e passeios em barco a vela ou iate privativo. Já os golfers se encontram nos campos com vista para o mar dos lodges The Farm at Cape Kidnappers e Kauri Cliffs – com direito a churrasco em uma praia privativa.

Os aventureiros também têm vez nos pacotes da PrimeTour: uma imersão pela região de Northland, a 45 minutos de Auckland, que reúne algumas das mais belas praias do país; as inacreditáveis Waitomo Glowworm Caves, onde organismos que brilham fazem os tetos das cavernas parecerem o céu estrelado; e a trilha ao redor do Lago Waikaremoana: muitas vezes encoberta pela névoa, um mergulho pela natureza singular da Nova Zelândia.

Quem gosta de exclusividade pode partir de helicóptero até um privativo champanhe piquenique no topo dos Southern Alps, na Ilha Sul. A estrela da região, aliás, é Queenstown, que ganha vida nova após o pôr do sol com suas baladas e seus bares, anote o endereço do momento: Rata, do chef Josh Emett. Conhecida também como “capital mundial dos esportes radicais”, a pequena cidade oferece ainda opções como bungee jumping, rafting, trekking e jet boat.

DO ALTO
A bordo de um balão, veja as planícies de Canterbury ao amanhecer; de helicóptero, o destino certo é Milford Sound: os praticantes de ski são levados pelo ar entre os fiordes e pousam no topo de uma geleira para desfrutar do esporte. Em White Island, um voo panorâmico de 30 minutos leva ao único vulcão marinho ativo da Nova Zelândia.

ESPORTES/NATUREZA
Milhares de quilômetros de litoral, lagos e rios fazem da Nova Zelândia a meca dos esportes aquáticos. Iatismo, surfe, mergulho, pesca – os neozelandeses amam atividades aquáticas e a dificuldade é grande quando se trata de escolher entre elas. Outra paixão dos locais é o ciclismo: não há meio melhor de realmente explorar as paisagens e o magnífico cenário da Nova Zelândia do que em uma bicicleta. Quando estiver pedalando, verá que em qualquer lugar sempre haverá novas vistas, paradas ou outra oportunidade para tirar fotos.

PAISAGENS NATURAIS
Em Auckland é possível velejar e caminhar nas margens de uma torre com mais de 300 metros de altura. Na extremidade da Ilha Norte, a região de Bay of Islands, composta por 144 ilhas, é ideal para passeios de barco. Já a Península de Coromandel, ao sul, reúne enseadas isoladas e praias perfeitas para o surfe e stand up paddle. Cruzeiros de barco, durante o dia ou à noite, são uma excelente maneira de vivenciar Milford Sound, um dos cartões-postais do Fiordland National Park, declarado Patrimônio da Humanidade.