Motor

Transformação da Porsche – O novo Panamera

Montadora melhora seu superesportivo em sua segunda geração

por Rebeca Martinez 29 Jun 2016 16:29

Marcada pela persistência e inovação, assim é a Porsche, que lançou no dia 28 de junho, em Berlim, a segunda geração do Panamera. O veículo sofreu uma transformação, que deixou o luxuoso coupé de quatro portas muito mais a cara da montadora Não só isso, ele ficou mais aproximado dos carros esportivos da categoria sedã.

O design apresenta proporções mais harmoniosas. Com a ampliação da distância entre os eixos, o corpo mais longo – são 34 milímetros a mais – e a traseira com a altura sobre o compartimento dos passageiros reduzida em 20milímetros, seu visual está mais comprido.

Esses 20 milímetros tornam a linha do teto mais dinâmica, e fazem com que o quatro portas lembre o modelo 911, o carro símbolo da aparência da Porsche (do qual a Cayenne também foi inspirada).

A mudança não é apenas estética, já que melhora a visão da traseira para o motorista, especialmente na hora de manobrar. Na sua primeira versão, a linha do teto incomodava alguns consumidores.

Já a dianteira com a tomada de ar em forma da letra “A” e barra transversal na grade dão a impressão de uma largura consideravelmente maior, quando a realidade ela é de apenas 7milímetros a mais. Os ombros pronunciados e projeção traseira maior tornam sua aparência mais forte, completando o visual.

O Panamera tem velocidade no seu DNA, e isso não mudou em sua segunda geração. O veículo chega pronto para as pistas nas versões Panamera 4S Diesel, de 442 cavalos – que não estará disponível no mercado brasileiro -, Panamera 4S, com motor V6 de 440 cavalos, e Panamera Turbo, com o motor V8 e 550 cavalos. O biturbo 4S vai de 0 a 100km/h em apenas 4.4 segundos, enquanto a versão de oito cilindros faz o mesmo em 3.8 segundos. Ambas as versões têm desempenho melhorado com o pacote Sport Chrono, indo de 0 a 100km/h em 4.2 e 3.6 segundos, respectivamente.

Para amparar essas maquinas, a suspensão pneumática adaptativa foi melhorada, e o controle do modo esportivo do chassis também foi aperfeiçoado. Na estrada, a melhoria vem com o sistema de Controle do Chassi 4D, que analisa e otimiza o desempenho do Gran Turismo.

Comandar o veículo ficou mais prático e seguro. Os painéis sensíveis ao toque permitirão a redução significativa do numero de botões. O Porsche Advanced Cockpit está mais fácil de ser utilizado, trazendo mostradores com configuração individual. Os opcionais fazem a diferença, elevando a experiência do usuário. Quem pode, deve optar pelo teto inclinável panorâmico, bancos com massagem, iluminação ambiente e um sistema de som 3D de vanguarda, fabricado pela Burmester.

E mais. O Panamera vem com o Porsche InnoDrive, uma espécie de copiloto eletrônico que calcula e ativa a aceleração e seleciona as marchas levando em conta curvas e inclinação, e também com um assistente de visão noturna – que através de uma câmera de visão térmica identifica pessoas e animais.

O novo Panamera chega ao Brasil até o final de 2016, ainda sem data definida.

Rebeca Martinez

Desde pequena mostrava opinião e gênio fortes. Nem sempre aquilo que interessava aos outros lhe chamava a atenção. Aproveita todo momento para conhecer um lugar novo, seja uma cidade, restaurante ou um automóvel. Para ela, buscar algo diferente traz sempre emoção.

Veja mais