Motor

Releitura da vitória: o GT 50 anos depois

Ford lança edição especial do esportivo para comemorar vitória em Le Mans

por Rebeca Martinez 4 Jul 2016 13:15

Completando 50 anos da célebre vitória e voltando a vencer nas 24 Horas de Le Mans, a Ford anuncia o GT 66 Heritage Edition. Trata-se de uma homenagem ao Ford GT 40 Mark II, dirigido por Bruce McLaren e Chris Amon, que ocupou o primeiro lugar do pódio no ano em que a montadora ocupou os três primeiros postos de chegada na corrida, em 1966.

Este ano, foi a vez de Sébastien Bourdais, Dirk Müller e Joey Hand receberem a bandeira quadriculada. Hand reacendeu o duelo travado entre Ferrari e Ford no circuito francês com suas ultrapassagens.

Em nota para a imprensa, Bill Ford, presidente do conselho da Ford, disse: “nós nos atrevemos a sonhar que poderíamos voltar a Le Mans, 50 anos depois da incrível vitória de 1966, e vencer essa competição. O orgulho que sentimos quando o Ford GT cruzou a linha em Le Mans é indescritível. A equipe que projetou, construiu e correu com o Ford GT tem trabalhado incansavelmente para chegar a este resultado, e estou orgulhoso de cada um deles. A equipe demonstrou o espírito de inovação, determinação e verdadeiro trabalho em equipe da Ford. Valorizamos a nossa história e herança, e hoje fizemos história novamente. Eu não poderia estar mais orgulhoso.”

E é justamente com esse espírito que chega a edição limitada GT 66 Heritage Edition, disponível apenas para o modelo 2017. O exterior em preto pode ter acabamento fosco ou metálico, as listras prateadas atravessam todo o veículo, o número 2 em branco e rodas douradas de 20 polegadas finalizam o visual.

O interior desse superesportivo vem com bancos em fibra de carbono revestidos em couro preto trabalhado. Um detalhe em dourado apoia o encosto de cabeça – e torna o banco imagem semelhante à de uma cobra – que, assim como o volante tem logo, GT. Os cintos aparecem em um azul único, o mesmo presente nos carros de 1966. O pacote de fibra de carbono fosca recobre o console central, saídas de ar e soleiras das portas, nas quais a grafia do número 2 está presente.

Sua mecânica não sofre mudanças, com quatro modos de direção e apresentando o motor V6 biturbo EcoBoost, com 600 cavalos de potência. É o motor mais eficiente produzido por eles até hoje. De tamanho reduzido, permite o desenho de uma carroceria mais aerodinâmica do que motores de oito cilindros por exemplo.

Essa modernização do clássico GT 40 ainda não tem informações de venda.

Rebeca Martinez

Desde pequena mostrava opinião e gênio fortes. Nem sempre aquilo que interessava aos outros lhe chamava a atenção. Aproveita todo momento para conhecer um lugar novo, seja uma cidade, restaurante ou um automóvel. Para ela, buscar algo diferente traz sempre emoção.