Motor

A nova CLA em teste

Sedã que atraiu um público mais jovem para a Mercedes-Benz chega renovado

por Rebeca Martinez 26 Set 2016 10:20

Foi no cair da noite da última terça-feira, 20, que tive o primeiro contato com a renovada CLA. A queda de temperatura e o vento que insistia em soprar tornou o prazer de entrar no veículo ainda maior.
Chamam a atenção os bancos de design esportivo em tecido claro na tonalidade Ártico, com detalhes perfurados e listras esportivas – uma combinação de cinza e branco, perfeitamente complementados pelo pesponto em linha branca. Pra quem também tem certa apreensão com bancos de tecido, ele não tem nenhuma semelhança com aquelas imitações de veludo que esquentam e incomodam. É agradável ao toque e não aquece as partes do corpo com as quais mantém contato.

O console traz detalhes cromados que complementam com perfeição a esportividade que a CLA evoca. Toda ela é combinada com a elegância que se espera de um Mercedes-Benz. A luz ambiente – com 12 cores para escolher – que aparece nas laterais de porta e logo abaixo dos encostos de cabeça realça ainda mais seu interior. Com os ajustes de banco e espelhos realizados rapidamente, já que os comandos são todos elétricos, chega a hora de arrancar e saber como i carro se porta na cidade. Mas antes, a admiração é interrompida pela realidade que chama através do celular. Pausa para atender o telefone, ligado no sistema de bluetooth no console.

Coloco a CLA 200 na pista, mas o transito insiste em impedir que ela demonstre sua potência, colocando em teste a minha paciência a do carro. Próprio para as cidades, o veículo ameniza o tráfego cotidiano com a função Hold, que o deixa parado no tráfego sem a necessidade de manter o pé no freio. Parada, vou usufruir conhecer seu sistema de entretenimento através do display de 8 polegadas disponível nas versões 200 Vision, 250 Sport 4MATIC e AMG CLA 45 4MATIC. São as mesmas que disponibilizam o Apple CarPlay, aplicativo que permite o controle por voz ou pelos comandos do volante multifuncional. Criado para evitar que o condutor desvie sua atenção da direção, ele é capaz de ler mensagens de texto e enviar a resposta falada.

Depois de ruas que desafiaram um pouco a suspensão, finalmente um trecho de rodovia permite conhecer melhor o motor 1.6 turbo flex de 156 cavalos. Constato que ele realmente chega aos 100km/h em poucos segundos, sem a necessidade de pisar fundo no acelerador de desenho esportivo. Apesar dos ponteiros vermelhos do velocímetro e do câmbio de 7 velocidades instigarem a acelerar, mantenho-me a uma velocidade razoável. Passo dos 110 km/h a fim de ver como está a resposta do Paddleshift que não decepciona. Percebo que apesar do vento forte e da inclinação que a pista oferece, o veículo parece não ser afetado, movendo-se como se já conhecesse o caminho. Na verdade, isso é obra dos sistemas de compensações de ventos laterais e inclinação lateral da estrada. Depois de uma curva mais fechada em uma velocidade que passa dos 120 km/h, me sinto uma companheira de equipe do Lewis Hamilton, mas a verdade é que o contra esterço que age em caso de saída de traseira e a direção eletromecânica Direct Steer, sistema que entrega maior sensibilidade que as outras direções, é que merecem o crédito.

O carro mostra ter parentesco com a equipe AMG-Petronas, já que nem mesmo quando uma redução abrupta da velocidade se faz necessária, pois um caminhão decidiu mudar de faixa sem aviso, ele não vacila. Vejo o quão eficiente estão os sistemas de freio adaptativo às diferentes superfícies e ESP (programa eletrônico de estabilidade), que mantém a CLA 200 na pista como se nada tivesse acontecido.
Infelizmente o caminho não possui uma quilometragem maior, e avisto a garagem de destino. É nela que tenho a chance de admirar de perto o exterior, que, através de mudanças leves, se tornou mais atrativo. O para-choque dianteiro agora possui um friso de acabamento, em prata, cinza ou cromado, que combina perfeitamente com a grade diamante, agora preta. O visual mais esportivo é realçado pelas rodas AMG, que apesar de não fazerem parte da versão Vision, são um complemento merecido. Os faróis LED High Performance, com as tecnologias de projeção e reflexão, são a despedida perfeita depois de acionar as travas, para que ninguém mais ouse conduzir esse Mercedes.

Já disponíveis no Brasil, as versões CLA 200 Urban FF, CLA 200 Vision FF, CLA 250 Turbo Sport 4MATIC e CLA 45 AMG 4MATIC têm preços que variam entre R$ 156.900,00 e R$338.900,00.

Rebeca Martinez

Desde pequena mostrava opinião e gênio fortes. Nem sempre aquilo que interessava aos outros lhe chamava a atenção. Aproveita todo momento para conhecer um lugar novo, seja uma cidade, restaurante ou um automóvel. Para ela, buscar algo diferente traz sempre emoção.

Veja mais