Moda

Romain Jerome lança o Deep Blue Octopus

Relógio é edição limitada a 25 peças

por César Rovel 28 Abr 2017 10:38

A RJ-Romain Jerome dedicou o novo Deep Blue Octopus ao polvo, um animal que sempre fascinou a imaginação coletiva.

Provavelmente a criatura marinha mais “steampunk”, o polvo vive nas profundidades do mar e sempre foi representado como um monstro, seja o “kraken” da mitologia escandinava, seja na literatura do século XIX com autores como Júlio Verne e Victor Hugo. Este inventou a palavra francesa “pieuvre”, que quer dizer polvo, em sua novela de 1866, “Les travailleurs de la mer” (Os trabalhadores do mar).

Nesta edição limitada de 25 peças apresentada em Baselworld, a Romain Jerome apresenta um relógio de estética marinha, com profunda atenção aos detalhes, incorporando as características e a aparência de um polvo.

O Deep Blue Octopus tem uma aparência que reflete a obscuridade do oceano. A caixa de 47 mm, em aço PVD negro, reproduz a simetria bilateral característica do polvo, com duas coroas às 3 e às 9 horas. O aro interno unidirecional de safira tem graduação de cinco minutos e indicação do tempo às 12, ambas luminescentes. O aro é acionado pela coroa às 3, para controlar o tempo decorrido, enquanto a coroa às 9 horas ajusta a hora.

Tomando o polvo como símbolo do mundo marinho, este cefalópode onipresente pode ser admirado de todos os ângulos: no centro do mostrador, no verso da caixa ou na coroa às 3. Ele se esconde também na pulseira de borracha preta vulcanizada, cujo interior tem ventosas que evocam os tentáculos.

O modelo foi desenhado em torno do número oito, evocando os oito tentáculos do polvo: 8 parafusos no flanco da caixa, 8 parafusos que fixam o fundo, assim como 8 rebites em cada coroa. Finalmente, o Deep Blue Octopus é estanque até 888 pés (270 metros).

O mostrador evoca o fundo do mar com uma textura que reproduz o esqueleto de um ouriço-do-mar. A placa é rodiada e recoberta por resina azul transparente para lembrar o azul do mar. Graças à habilidade de esconder-se durante a noite, o polvo desaparece e a luminescência surge através das incrustações nas cavidades do ouriço preenchidas à mão.

Em um toque final, o aro lembra que o modelo pertence ao universo “Mar” da RJ. O aro de aço PVD negro graduado possui aço oxidado e estabilizado procedente do Titanic.

Romain Jerome Deep Blue Octopus – Ficha técnica
Movimento
Calibre RJ002-A2, automático, frequência 28.800 aph, 23 rubis
Reserva de marcha 42 horas
Indicação de horas, minutos e segundos centrais, indicador do tempo às 12

Caixa
Diâmetro 47mm, em aço PVD negro
Fundo gravado com um polvo
Aro graduado de aço oxidado e estabilizado procedente do Titanic com PVD negro
Asas em aço acetinado com PVD negro
Coroas rosqueadas de aço com PVD negro, inspiradas nas escotilhas do Titanic
Estanque a 888 pés (270 metros)

Mostrador
Aplique em forma de polvo de cobre com DLC negro e monograma RJ acetinado
Base de latão com textura de esqueleto de ouriço-do-mar e incrustações de SuperLuminova C1 branca de emissão azul com revestimento de resina azul
Aro interno giratório unidirecional de safira com indicação de hora e minutos, círculo de minutos no aro interior
Ponteiros de horas e minutos de ouro negro acetinados e indicador do tempo com SuperLuminova C1 de emissão azul, segundeiro de ouro negro

Pulseira
Borracha preta com ventosas “estilo polvo” no interior e fecho de aço

Preço
19.950 Francos Suíços/20.950 Dólares

César Rovel

César Rovel fundou em 2006 o site Relógios & Relógios, dedicado exclusivamente à relojoaria. Anualmente faz a cobertura dos salões Baselworld e SIHH – Salão Internacional da Alta Relojoaria, na Suíça, e do SIAR, no México. É membro do Cartier Fine Watchmaking Club e do Montblanc 4810 Club.