Moda

Passo a Passo – Sapatos

Cuidados específicos são cruciais para aumentar a durabilidade de seus sapatos

por Isabela Giugno 7 Set 2016 10:14

Se existe um item, apenas um, em que todo homem precisa investir, é o sapato. Existem truques para camisas, calças e paletós, mas com sapatos é diferente. Basta calçar um bom par que tudo muda. É como se, combinada a um belo pisante, aquela camisa Hering magicamente ganhasse ares de Ermenegildo Zegna. Mas não basta investir em modelos sofisticados se a manutenção não estiver em dia. “Ter um sapato caro implica em cuidados maiores”, diz David Gonçalves, proprietário da marca The Craft. Ainda mais em cidades como São Paulo, onde as calçadas são esburacadas, o clima é quente e o ar poluído. “Essas condições fazem com que os sapatos se deteriorem rapidamente”, afirma Lívia Ribeiro, dona da Louie. A boa notícia é que existem métodos para aumentar a durabilidade e a boa aparência das peças. Confira:

 1. Nunca lave os sapatos. O couro é um material sensível ao excesso de umidade. Já a camurça, quando molhada, fica com um aspecto ainda mais sujo. Produtos químicos, como sabão e removedores, são estritamente proibidos.

2. Caso pegue chuva, basta colocar os sapatos para secar na sombra (o calor direto pode ressecar a superfície) com as laterais no chão e as solas viradas para o lado. Assim, o ar pode circular e a umidade desaparece totalmente. “Deixar jornal amassado no interior de cada pé por 36 horas também é uma boa dica”, diz David, especialista em modelos feitos de couro.

3. Existem bons recursos para evitar que os sapatos fiquem encharcados em dias chuvosos. Os sprays impermeabilizantes, por exemplo, foram criados especialmente para proteger os calçados da água. Há uma variedade generosa desse produto à venda, mas a dica é comprar um que sirva tanto para modelos de camurça e nobuck, como para peças de couro e tecido. “Basta pulverizar o spray no sapato seco, mantendo uma distância de 15 cm da superfície (que deve estar limpa). Depois, deixe secar da noite para o dia”, diz David. Recomenda-se reaplicar o produto uma vez por semana.
4. Na hora de comprar graxa, o truque é escolher sempre o produto em um tom mais claro que o do sapato. Caso contrário, corre-se o risco de ficar com a superfície muito escura. Use escovas distintas para polir calçados de tons diferentes.

5. Evite usar o mesmo par durante muitos dias consecutivos. “Alternar o uso ajuda a manter a peça em bom estado”, afirma Lívia, da Louie.

6. Quando os sapatos são fabricados a partir de couro natural, eles ficam levemente deformados após o uso, já que esse material é maleável e se adapta ao formato dos pés. Por isso, insira formas de madeira no interior das peças antes de guardá-las. Esse processo deve ser feito, no máximo, até duas horas após o uso. Só retire o acessório quando for colocar novamente os calçados. O ideal é ter um par de formas para cada par de sapatos. As melhores formas são as feitas de madeira de cedro.

8. A manutenção da camurça é muito mais fácil do que você imagina. Para tirar pequenas manchas, use um pano de algodão com um pouco de água e vinagre branco e esfregue até que a superfície fique limpa.

9. Na hora de remover sujeiras mais difíceis de sapatos de camurça branca ou bege, aposte em uma borracha escolar. Esfregue sobre a mancha até desaparecer e, depois, passe uma escova de cerdas macias para ajeitar as fibras do calçado. Mas sempre na direção dos pelos. “Para tirar a poeira da camurça, uma escovinha de cerdas firmes é o ideal”, recomenda David.

10. Sempre utilize uma calçadeira na hora de colocar o sapato. O acessório evita que a parte de trás da peça fique deformada com o tempo.

BRILHO ETERNO
Calçados de couro bem lustrados passam a impressão de que você dá a devida atenção aos detalhes. Repetir esse processo uma vez por semana é o ideal. Aprenda a polir os seus

1. Retire os cadarços e limpe toda a superfície com uma flanela ou uma escova de cerdas largas umedecidas com água.

2. A hidratação é crucial para evitar que o couro rache. Use um hidratante específico para sapatos ou até um creme corporal (com aroma neutro). Aplique pequenas quantidades do produto no calçado e espalhe com um pano de algodão em movimentos circulares. Deixe secar por, no mínimo, 20 minutos.

3. Sapatos desbotam com o tempo, e este processo garantirá que eles se tornem viçosos novamente. Aplique graxa cremosa no couro e espalhe o produto com outra escova de cerdas largas. Deixe secar por 20 minutos.

4. Deixe a graxa cremosa de lado e aposte na graxa de cera, que forma uma camada na superfície e ajuda na proteção e no brilho do couro. Coloque pouca quantidade do produto e espalhe no sapato com um pano de algodão em movimentos circulares. Aguarde 20 minutos.

5. Conhecido como spit and polish, este processo é responsável por conferir um brilho excepcional aos sapatos. Mas é necessário paciência: envolva os dedos indicador e médio no mesmo pano usado na fase anterior e, em movimentos circulares, aplique mais cera (sempre em pequenas quantidades) na superfície. Desta vez, acrescente um pouco de água na mistura e espalhe vigorosamente. Repita esse processo três vezes, com descansos de 20 minutos entre cada etapa. Por fim, deixe os sapatos secando do dia para a noite.

Texto originalmente publicado na revista Carbono Uomo n° 1

Isabela Giugno

Apaixonada por São Paulo, Caetano Veloso e boa comida, Isabela é formada em Jornalismo pela ESPM e já trabalhou nas redações da Folha de S.Paulo, da revista Wish Casa, e da Editora Carbono. Hoje, entre uma garfada e outra, edita a revista KAZA, na qual escreve sobre arquitetura, design e decoração, seus temas preferidos.