Moda

Breguet renova a coleção Marine

Novo Marine Équation Marchante 5887 tem complicação inédita na relojoaria

por César Rovel 19 Set 2017 12:07

Em uma bela homenagem ao legado de seu fundador, a Breguet lançou o Marine Équation Marchante 5887, Grande Complicação que marca o início de uma nova era na coleção contemporânea Marine.

Ao longo de sua carreira, Abraham-Louis Breguet deu inúmeras demonstrações de sua excepcional perícia na criação de peças para a medição do tempo. Seu intenso envolvimento e suas revolucionárias contribuições lhe fizeram merecedor de honra e reconhecimento. Com grande reputação em toda a Europa, teve um grande admirador em Luis XVIII, rei da França, que em 1814 o nomeou membro do Comitê de Longitude de Paris.

Este órgão, criado pela Convenção Nacional em 1795, dedicou-se ao aperfeiçoamento dos diversas ramos da astronomia, assim como de suas aplicações na Geografia, Navegação e Geodésia. Entre seus méritos destacou-se a publicação anual de documentos de referência, como as efemérides astronômicas. Esta prestigiosa instituição compunha-se de cerca de vinte membros, entre os quais figuravam topógrafos, astrônomos, navegantes e demais artífices de campos relacionados. Sendo o único representante de sua profissão, muito útil para físicos e navegantes, Breguet tornou-se o relojoeiro de referência, especialmente para o cálculo da longitude no mar.

Em uma extensão desta distinção, através de uma ordenança de 27 de outubro de 1815, Luis XVIII concedeu a A.-L. Breguet o título oficial de Relojoeiro da Marinha Real, o mais prestigioso título ao qual um relojoeiro poderia aspirar, dadas as implicações científicas do próprio conceito de cronometria marinha. Com tal título, também desempenhava uma função primordial para o país, pois, naquela época, os cronômetros de marinha eram de importância vital para as frotas, já que lhes permitia calcular a posição dos navios no mar.

Marine Équation Marchante 5887
O Marine Équation Marchante 5887 homenageia o grande legado de Breguet ao combinar a complicação astronômica da Equação do Tempo e um calendário perpétuo a uma outra invenção do relojoeiro Suíço, que contribuiu enormemente para a sua fama: o turbilhão.

A equação do tempo é uma das complicações relojoeiras mais incomuns e fascinantes. Permite indicar a diferença entre o tempo solar médio (horas e minutos civis) e o tempo solar verdadeiro (horas e minutos solares).

O Sol constituiu-se na base para a medição do tempo desde a Antiguidade. Contudo, o movimento aparente do sol (o verdadeiro tempo solar medido com os relógios de sol) não é regular. Com a melhora da precisão relojoeira, os relógios se converteram na base do tempo e o tempo solar verdadeiro foi substituído pelo tempo solar médio, no qual todos os dias têm a mesma duração de 24 horas. Contudo, o tempo solar médio pode variar com relação ao tempo solar verdadeiro, e tal variação oscila entre menos 16 minutos e mais 14 minutos.

Apenas em quatro dias do ano ambos os tempos são equivalentes. As diferentes posições do sol no céu são reproduzidas de maneira idêntica nas mesmas datas, assim os relojoeiros podem “programa-las” com a ajuda de uma came especial. Com sua forma em 8, esta came permite reproduzir mecanicamente o analema, a curva traçada pelo sol no céu. Sua execução deve ser extremamente precisa. A came é acoplada a um sensor que movimenta a alavanca da equação e assim permite assinalar a diferença entre a hora civil e a hora solar (entre – 16 minutos e + 14 minutos).

Esta indicação é geralmente fornecida em um setor ou submostrador. Desta forma, para conhecer a hora solar verdadeira, cabe ao usuário fazer o cálculo mentalmente, adicionando ou subtraindo à hora média a diferença assinalada. O novo Marine Équation Marchante de Breguet facilita esta leitura, já que indica simultaneamente a hora civil e a hora verdadeira com a ajuda de dois ponteiros de minutos diferentes. O ponteiro solar, decorado com um sol dourado facetado, mostra a leitura direta dos minutos do tempo solar, de uma forma rápida e cômoda.

Esta indicação “simples” na aparência requer uma elaboração complexa que muito poucos relojoeiros são capazes de realizar. Com efeito, o ponteiro dos minutos solares deve cumprir duas condições: deve avançar sobre o mostrador como o faz o ponteiro convencional de minutos civis e, ao mesmo tempo, deve diferir a cada dia com respeito a este conforme o analema, de modo a indicar corretamente a equação do tempo. A Breguet obteve este resultado equipando seu ponteiro solar com uma engrenagem diferencial que é acionada mediante duas fontes de rotação completamente independentes entre si; a rotação dos minutos civis e aquela ativada através de uma alavanca conectada à came da equação, a qual completa uma volta ao longo de um ano. A Breguet desenvolveu uma came de equação extremamente fina que é apoiada em um disco de safira transparente que, por sua vez, permite corrigir a equação do tempo mês-a-mês.

A complexidade por trás desta leitura da equação é complementada nesta Grande Complicação por um mecanismo de calendário perpétuo. Duas janelas, uma situada entre as 10 e as 11 horas e outra entre a 1 e as 2 horas, mostram respectivamente os dias da semana, assim como os meses e o ciclo de ano bissexto. A data é posicionada dentro do disco horário e pode ser lida com a ajuda de um ponteiro retrógrado com ponta em âncora que percorre um arco das 9 às 3 horas. A distribuição do conjunto de leituras sobre o mostrador foi cuidadosamente projetada para que estas sejam simples e intuitivas, ao mesmo tempo preservando uma estética impecável.

Equipado com o calibre automático 581DR, o novo Marine Équation Marchante de Breguet abriga ainda uma terceira complicação, e não necessariamente uma das menores: um turbilhão de 60 segundos cuja gaiola de titânio possui um balanço Breguet com espiral de silício. Esta característica inovadora permite ao balanço alcançar uma frequência de 4 Hz, ao mesmo tempo em que proporciona uma reserva de marcha particularmente cômoda para uma peça automática. Indicada mediante uma janela situada entre as 7 e as 9 horas, a reserva de marcha é de 80 horas.

A engenhosidade desta peça espetacular é realçada pelo precioso savoir-faire dos artesãos da Casa Breguet. Na face frontal, o mostrador apresenta dois tipos de decoração guilloché, dos quais o motivo de ondas foi especialmente desenhado para esta criação. A menção “Marine Royale” foi gravada sobre a ponte do turbilhão, uma decoração que certamente atrairá todas as atenções. Na face posterior do relógio, as pontes, visíveis sob o fundo de safira, foram delicadamente cinzeladas para representar até o mínimo detalhe o “Royal Louis”, uma embarcação de primeira classe da Marinha Real Francesa. Quanto ao tambor, foi decorado com uma rosa-dos-ventos, em alusão à navegação astronômica. Graças à massa oscilante estrategicamente localizada na periferia do calibre, o movimento automático assim decorado revela todo o seu esplendor.

O Marine Équation Marchante da Breguet é um relógio verdadeiramente magnífico. Ostenta os novos códigos estéticos da coleção Marine que lhe conferem um ar moderno e dinâmico: as asas centrais combinam superfícies polidas e acetinadas, os canelados estão mais abertos com os flancos visíveis, a coroa é gravada com um “B” polido sobre um fundo jateado e decorada com ondas biseladas e acetinadas.

Esta Grande Complicação possui uma caixa de 43,9 mm de diâmetro em ouro rosa ou em platina. O modelo em ouro rosa exibe um mostrador prateado e um movimento antracito, enquanto o modelo em platina tem mostrador azul e movimento rodiado. Ambos são peças refinadas caracterizadas por elegância, legibilidade e equilíbrio estético.

Breguet Marine équation Marchante 5887 – Ficha técnica
Ref. 5887PT/Y2/9WV e Ref. 5887BR/12/9WV

Caixa
Caixa de platina 950 ou ouro rosa 18K com lateral canelada, fundo de safira
Diâmetro 43,9 mm
Estanque até 10 atm (100 metros)

Mostrador
Mostrador de ouro azul ou prateado, com decoração guilloché feita à mão, individualmente numerado e assinado Breguet
Disco horário com numerais romanos e índices luminescentes
Ponteiros Breguet em “pera” facetados em ouro 18 quilates, com material luminescente
Ponteiros dos minutos solares com sol dourado facetado
Janela dos dias entre as 10 e as 11 horas
Janela dos meses e anos bissextos entre a 1 e as 2 horas
Calendário retrógrado seguindo um arco das 9 às 3 horas
Indicação da reserva de marcha em uma janela entre as 7 e as 9 horas

Movimento
Calibre 581DPE, mecânico automático com equação do tempo “marchante”, calendário perpétuo, turbilhão e reserva de marcha de 80 horas
Numerado e assinado Breguet, acabamento rodiado ou antracito
Pequenos segundos e came da equação sobre o eixo do turbilhão
16¾ linhas, 57 rubis
Roda de escape de silício e âncora de lado invertido com asas em silício
Espiral de silício, frequência 4 Hz, ajustado em 6 posições

Pulseira
Couro de aligátor com fecho de báscula de ouro

Preço
230.400 Dólares em platina e 215.000 Dólares em ouro rosa 18K

César Rovel

César Rovel fundou em 2006 o site Relógios & Relógios, dedicado exclusivamente à relojoaria. Anualmente faz a cobertura dos salões Baselworld e SIHH – Salão Internacional da Alta Relojoaria, na Suíça, e do SIAR, no México. É membro do Cartier Fine Watchmaking Club e do Montblanc 4810 Club.

Veja mais