Moda

Air Force 1 em quatro edições comemorativas

Quatro modelos white-white comemoram 35 anos do calçado icônico

14 Dez 2017 12:00

Para comemorar o 35º aniversário do Air Force 1, a Nike se uniu a visionários de todo o mundo numa celebração da paleta de cor que virou marca do modelo: o white-white. A equipe convidada a dar novas visões para este ícone foi formada por: Don C, Kareem “Biggs” Burke, Errolson Hugh, Travis Scott e Virgil Abloh. Confira a seguir os conceitos bolados por cada um deles:

AIR FORCE 1 HI JUST DON, por DON “DON C” CRAWLEY
“Eu sabia que queria trabalhar com couro premium e misturar materiais e tecidos da mais alta qualidade. E foi justamente isso que fizemos. Trouxemos detalhes do Air Force  e Air Force 3, e fiquei feliz porque a Nike me deu liberdade para ousar. Estamos falando do Air Force 1. Ele é o OG, o pai de todos, o tênis que deu início a toda a história. Acredito na importância da família. Ela nos apoia em qualquer situação. Mas família não necessariamente quer dizer laços de sangue: são pessoas que queremos ter por perto, que respeitamos, que cuidam da gente. Por isso, meu projeto foi prestar uma homenagem a esse modelo lendário, para que os jovens realmente entendam a importância de ficar junto da família”.

AIR FORCE 1 ’07 ROC-A-FELLA, por KAREEM “BIGGS” BURKE
“Este é o momento perfeito para comemorar o 35º aniversário do Air Force 1, porque estamos encerrando as celebrações pelos 20 anos da [gravadora] Roc-A-Fella. Quem pensa na Roc-A-Fella logo lembra da nossa logomarca. E quem pensa em sneakers pensa na família Air Force 1. Ver o nosso logo estampado no Air Force 1 é extremamente especial. O Air Force 1 tem a mesma essência que a Roc-A-Fella. O logotipo tem um significado importante para nós. É como se ele estivesse gravado no nosso coração. É muito mais do que um símbolo: ele representa as coisas nas quais acreditamos, lealdade, integridade, relacionamentos, amizade e a nosso sentimento de irmandade.”

LUNAR FORCE 1/ACRONYM ’17, por ERROLSON HUGH
“Quando a Nike nos procurou para retrabalhar o Lunar Force 1, a primeira pergunta que nos fizemos foi: ‘Por que fazer isso?’ Será que realmente temos alguma nova contribuição a dar, algo que a Nike ainda não tenha feito?’ No final das contas, decidimos que nossa estratégia seria a mesma que usamos para as roupas: encarar um problema, ou um aspecto de funcionalidade, e procurar uma forma de resolvê-lo”.

AIR FORCE 1 LOW TRAVIS SCOTT, por TRAVIS SCOTT
“Encarei o processo de fazer este tênis da mesma forma com que produzo um disco. Quis que ele falasse um pouco sobre mim. Quis dar o tom de loucura dos meus shows. Sou o rap com acidez”.

Veja mais