Lifestyle

Realizada a primeira transação internacional via blockchain

Compra de algodão americano por empresa chinesa foi feita sem mãos humanas

25 Out 2016 09:44

Os bancos Wells Fargo e o Commonwealth Bank of Australia realizaram na última segunda-feira, 24, a primeira transação internacional via blockchain – a tecnologia por trás de moedas criptografadas, como o Bitcoin. Através dela, uma empresa chinesa de tecelagem comprou US$ 35 mil em algodão norte-americano.

Transações financeiras via blockchain são feitas sem a interferência do elemento humano. Um sistema dedicado a pagamentos e transferência de criptomoedas opera sozinho. No caso da transação assistida pelo Wells Fargo e pelo Commonwealth Bank of Australia, ela serviu para agilizar o processo de transporte e entrega, retirando a burocracia das emissões de notas fiscais, por exemplo.

Ainda que esta seja a primeira transação internacional feita por blockchain, a tecnologia tem usos dos mais diversos. Com ela é possível, por exemplo, estabelecer limites mínimos e máximos na hora de realizar compra e venda de ações, maximizando o capital adquirido em menos tempo.

A direção do Wells Fargo disse, no entanto, que as transações em blockchain ainda demorarão para tornar-se realidade. Isso porque agências de regulamentação ao redor do mundo ainda precisam descobrir como incidir taxações em criptomoedas.

Veja mais