Lifestyle

Dia de folga

No Aigai Spa, algumas horas de cuidado garantem uma semana tranquila de trabalho para quem se deleita com suas massagens e terapias estéticas

por Artur Tavares 18 Set 2017 12:34

A indulgência de tirar um dia de folga em meio a uma semana de trabalho árduo deveria ser permitida para todos nós, principalmente se ela inclui uma ida ao maravilhoso Aigai Spa, no coração do bairro paulistano de Pinheiros. Fundado há dois anos e meio com a proposta de ser um urban spa de altíssima qualidade, o Aigai oferece uma série de massagens e terapias estéticas aos seus clientes, entre eles a balinesa, tradicional da Indonésia; a abhyanga, uma medicina ayurvédica indiana que data de 7 mil anos; e o shiatsu japonês.

Impressiona no Aigai sua construção de dois andares, de enormes pés-direitos, paredes e pisos em mármore e concreto escovado. A decoração, não menos luxuosa, é do arquiteto Mario Figueroa, que tem pérgolas de muxarabi, emulando palácios árabes. Os três lounges espalhados pelo spa têm peças de decoração de nomes renomados, como Patricia Urquiola e Antonio Citterio. Não fosse suficiente, o Aigai é o único do mundo a utilizar completamente os produtos alemães Dornbracht, referência quando o assunto é terapias por água.

Em meio ao (sempre) atribulado fechamento desta Carbono Uomo, fui ao Aigai conhecer seu espaço My Spa – privativo, pode ser alugado por até seis pessoas por um período de pelo menos duas horas – e experimentar o ritual ancestral mouro hammam. Aproveitei o meu dia de folga, foram quase cinco horas no total, para receber o ashiatsu e o muscle melt.

Ashiatsu
Primeira massagem que recebi em minha visita ao Aigai, é uma forma de shiatsu realizada com os pés da terapeuta, pendurada em barras suspensas no teto, em vez das mãos. Parece brincadeira, mas trata-se de uma das terapias mais delicadas que já pude experimentar. Os óleos aplicados no corpo permitem que a profissional deslize suavemente pelas articulações, relaxando e alongando cada uma delas.

Ritual Hammam
Levado ao My Spa, no segundo andar do Aigai, pude experimentar uma prévia da terapia de hidratação capilar. Prévia porque, confesso, estou quase careca, mas serviu como uma breve massagem na cabeça. Então, iniciou-se o ritual hammam. Estrela do Aigai, ele começa com um período de aproximadamente 10 minutos em sauna úmida, abrindo os poros e liberando toxinas do corpo. De lá, você é levado para uma câmara na qual a terapeura realiza uma esfoliação completa com sais de banho enquanto massageia dos pés aos ombros – os sais não podem ser utilizados na face, para isso, recomenda-se açúcar. O delicioso hammam é finalizado com um banho de mangueira. De bônus, aproveitei o horizontal shower, terapia feita com jatos d’água da Dornbracht, que têm três funções a critério do cliente: revitalizante, energizante e balanceadora.

Muscle Melt
Impressiona aqui a minuciosidade com a qual a terapia é aplicada. Deitado em uma cama quente, o sortudo primeiro recebe uma massagem com pindas aquecidas: saquinhos quentes com uma mistura de ervas e arroz. Cada parte do corpo que passa pela aplicação – pernas, braços, costas – recebe um alongamento suave e depois uma forte massagem com óleos revigorantes. A terapia não deixa de fora nem o centro da coluna e é ideal para retirar dores musculares e revigorar a circulação sanguínea. Combinada à delicadeza anterior do ashiatsu, mostra-se perfeita.

Artur Tavares

Sob o signo de câncer, nasceu de oito meses. Desde este infortúnio, mostrou-se impaciente. Soube aproveitar esta peculiaridade e transformá-la em curiosidade. Odeia rejeitar convites para restaurantes, está sempre com um livro e adora passar os finais de semana em meio à natureza, com suas companhias favoritas e o melhor da música eletrônica.