Lifestyle

A casa do Google

Empresa de tecnologia apresenta a sua proposta de residência conectada em evento fechado em São Paulo.

15 Abr 2019 17:24

“Ok, Google!” É assim que a gigante de tecnologia pretende fazer com que as pessoas acordem pela manhã – antes mesmo de dar ‘bom dia’ – num futuro bem bem próximo. Isso porque na casa conectada idealizada pela empresa – e apresentada em São Paulo durante evento nesta segunda-feira 15/04 –, o assistente digital desenvolvido pela companhia vai acompanhar cada minuto da vida dos seus moradores, do momento que acorda até a hora de dormir. Graças à integração da plataforma com mais de 10 mil tipos de aparelhos, como caixas de som e tevês, de mais de 1.600 marcas, o Google Assistant vai controlar quase tudo: o alarme para despertar pela manhã; acender as luzes ou abrir as cortinas do quarto; ligar a TV  direto no canal de notícias preferido enquanto você troca de roupa; preparar o café na cafeteira lá na cozinha; acionar o navegador de trânsito no seu carro e informar se vai ter chuva ou não antes mesmo de se sair de casa. Tudo com um simples comando de voz.

 

 

“A vida em casa passa a ter um assistente que realmente conversa com você em todos os ambientes. Algo que vai poder ajudar na economia de recursos (luz, água), já que faz uma gestão melhor da casa; ajuda a ganhar tempo porque vai te acordar na hora certa, te avisar para sair dentro do horário; prepara melhor você para o dia, por exemplo, ao informar a previsão do tempo antes de sair de casa. São muitos os benefícios”, disse o diretor de desenvolvimento de negócios da Google para América Latina, Alessandro Germano.

 

Alessandro Germano, do Google

 

A casa confirma o conceito chamado de IoT, ou ‘Internet of Things’ (Internet das coisas), onde tudo relacionado à vida moderna está conectada a rede mundial de computadores. No projeto apresentado, por exemplo, todos os ambientes estão integrados entre si pela plataforma do Google – ainda que os eletrodomésticos usados fossem de marcas diferentes. Segundo a empresa, existem mais de 10 mil produtos de 1.600 marcas diferentes que já conversam com o assistente digital.

 

 

COMO FUNCIONA
Na sala de estar, por exemplo, será possível se criar diferentes ambientes de luz, som e imagem, conforme a proposta de uso. Já na cozinha, a integração dos eletrodomésticos com a internet ajudará na execução de ações múltiplas, desde pegar uma receita de prato no YouTube a controlar o timer do forno elétrico.
“Estamos desenvolvendo uma parceria global com o Google, muito forte, onde, por exemplo, nossas tevês (80% do portfólio) estarão respondendo ao Google Assistant, em português, até o começo de 2020”, declarou o diretor de produto da Samsung, Guilherme Campos, um dos executivos presentes ao evento. Para ele, a vida nas residências se tornará muito mais prática com os assistentes digitais. “Se você tiver um assistente pessoal em casa que te ajuda a gerenciar a informação, dar direcionamentos que ajudem a agilizar o seu dia, é bom para todo mundo.”

 

 

Veja mais