Gastronomia

Tigre Cego reinaugura na Vila Madalena

Bar reabre com cardápio e carta de drinks renovados

13 Abr 2017 12:51

Tradicional bar da Vila Madalena que passou um período fechado, o Tigre Cego acaba de reabrir na região. O chef Pablo Muniz se uniu aos empresários Guilherme Alves Cattai e Priscila Cattai para esta nova fase do Tigre Cego.

O chef continua fazendo dos sanduíches as estrelas do cardápio de comida e apresenta receitas exclusivas, frutos de suas experiências fora do Brasil. Ele mantém o cuidado de preparar de maneira artesanal quase tudo que sai de sua cozinha, priorizando ingredientes de qualidade

Para começar, a seção de entradas traz o Chips do Mineiro: porção de jiló fatiado, empanado e frito servido com ketchup de goiabada, que relembra a infância de Pablo em Minas Gerais. Completa a lista o Cheese Pop’s, que são pedacinhos de queijo coalho empanados com farinha de tapioca flocada servidos com molho sweet chili, e a clássica porção mista, um trio de batata, mandioquinha e batata doce fritas servidas com ketchup artesanal.

A nova seleção de drinques fica a cargo de Junior WM, mixologista consultor que já havia feito as outras cartas do bar. Com 20 anos de profissão, passagens por casas reconhecidas de São Paulo e mais de 500 bares visitados desde que iniciou sua carreira, Junior também realiza treinamentos, ministra cursos que abordam o universo da coquetelaria e em breve lançará seus livros digitais.

Autorais e inusitados, as bebidas são executadas no dia a dia pela chefe de bar Yasmin Speransa. Com 22 anos, a bartender é a aposta da casa, que acredita que é preciso romper esse preconceito de que apenas homens podem estar atrás do balcão de um bar. Amigos há algum tempo, Pablo e Junior mostram sintonia e sugerem para o público boas combinações de sanduíches e coquetéis desmistificando a ideia de que um não combina com o outro.

Com cinco sanduíches e três burgers que podem ser combinados com mais de um coquetel – entre as 15 opções existentes -, destaque para o Pollo Borracho, sanduíche de sotaque mexicano que leva filé de sobrecoxa de frango marinado com tequila e limão, empanado e servido com bacon, pesto de abacate com coentro, pico de gallo e picles de jalapenho grelhado no pão de brioche, harmonizando com o Mexican Breezer, tequila infusionada com bacon, chá preto, coentro e grapefruit.

Outra dupla que funciona bem é o Pork Num Pang, carne de porco assada lentamente, glaceada com molho Hoisin e servida na ciabata com coentro, pepino, maionese de Sriracha e picles de cenoura e nabo combinando com o Hot n’ Spicy, versão do clássico Dark N`Stormy, feito com rum infusionado em chinese five spices e soda de Sriracha.

O Siri Roll, uma versão de um clássico nova iorquino, tem carne de siri desfiada com endro, salsão e pimenta dedo de moça, queijo ementhal, ketchup de páprica no brioche de cachorro quente e vai muito bem com a Green & Tonic, gim tônica com notas frescas e adocicadas de limão tahiti e erva-doce. Já o Brisket, peito de boi assado à moda texana com cebolas caramelizadas no vinho tinto, queijo provolone e maionese de jalapeño no pão ciabatta é herança do cardápio antigo e combina com o Kentucky Tea, coquetel mais leve e longo, à base de bourbon, com notas de maçã e chá preto, que harmoniza com as especiarias usadas no preparo da carne. Mas antes de provar essa combinação, a sugestão da casa é pedir o drinque de entrada desse sanduba, o Briskey (brisket+whiskey): uma inusitada infusão de bourbon com gordura de brisket assado e todos seus temperos. O shot ainda vem acompanhado de lascas de brisket frito para aguçar o paladar.

Tigre Cego
R. Girassol, 654 – Vila Madalena – São Paulo
(11) 3586-8370