Gastronomia

Mooca começa o ano com novo restaurante

Hospedaria tem em seu cardápio receitas de imigrantes que ajudaram a formar São Paulo

10 Jan 2017 08:55

O bairro paulistano da Mooca começa o ano com um novo restaurante. O Hospedaria abriu suas portas na Borges Figueiredo, com a proposta de homenagear os imigrantes europeus que se assentaram em São Paulo e ajudaram a metrópole a tornar-se a mais importante de toda a América Latina.

O empreendimento é do chef Fellipe Zanuto, que vem investindo em uma revitalização no bairro da Zona Leste. Ele é dono da Pizza da Mooca e da panificadora Da Mooca Meu.

No cardápio, destaque para entradas como o cuscuz úmido com ovo mole, pupunha tostado, camarão, ervilha torta e cheiro-verde fresco, e o frango à passarinho que flerta com o karaage japonês e é marinado por 24 horas. Entre os pratos, há o bolonhesa, massa fresca da casa, molho de tomate com carne suína e bovina moídas, queijo meia cura ralado e tostado na lenha, o risoto de imigrante (arroz agulhinha, pedaços suculentos de frango e de carne de porco cozida em baixa temperatura, legumes orgânicos da estação, palmito pupunha, ovo mole, queijo e salsa fresca) e, muito simbólico, o almoço dona Alzira, inspirado na avó de Fellipe: uma salada de repolho que ficava curtindo no tempero, um feijão com arroz em que era proibido colocar alho, uma carne panela com toucinho e um queijo frito que não desmanchava.

Veja mais