Arte

Michi Provensi lança livro com suas crônicas poéticas

Publicação acompanha retratos da modelo feitos por Marcio Simnch

por Artur Tavares 6 Out 2016 09:21

A modelo paulistana Michi Provensi está com uma campanha no Catarse para lançar o livro MCHxSMNCH. Trata-se de uma reunião de suas crônicas e poesias, acompanhadas de retratos dela feitos por Marcio Simnch. Ao todo, os dois tiveram 10 encontros ao longo de três anos. Michi contava para Marcio o tema do texto que estava escrevendo, e ele preparava a sessão de fotos. O resultado é uma publicação de luxo com 108 páginas, que sairá pela Editora Equador caso a campanha seja bem sucedida.

Michi e Marcio se conheceram em 2005, quando fizeram um ensaio de moda juntos para a revista S/N. “Ficamos um bom tempo sem nos ver. Após a Michi rodar o mundo, durante um ensaio fotográfico, me contou que estava escrevendo um livro. A ideia de juntar texto e foto veio daí”, conta Simnch.

O fotógrafo diz que a modelo sempre riu e chorou mais. Já a modelo diz que Marcio e sua câmera eram como dois “terapeutas mudos.” Para Michi, a reaproximação foi essencial para dar continuidade ao seu projeto. “Queria escrever contos e poesias. Resultou em desabafos crônicos poéticos.” Ele completa: “As sessões eram determinadas pela Michi, já que cada texto conta uma passagem da vida dela. Às vezes nos encontrávamos de mês em mês. Outras, ficávamos até seis meses sem nos ver. Os textos eram sempre enviados um dia antes ou no mesmo dia, e tínhamos que criar os retratos de maneira que houvesse algum link com o texto. Como era a Michi representando ela mesma, muitas vezes o olhar e a expressão falavam mais alto que qualquer elemento que inseríssemos na imagem.”

Parte das despesas indicadas por Michi e Marcio no Catarse é referente à digitalização das fotos feitas para MCHxSMNCH. O fotógrafo explica: “As imagens variam entre cor e preto e branco. Todas foram tiradas no processo analógico, com médio formato. Grande parte do material é em Polaroid 4×5.”

A campanha dura mais uma semana, e está no modelo “tudo ou nada.” Se Michi não juntar a soma que precisa para imprimir MCHxSMNCH, o livro continuará engavetado. A modelo conta porque optou por deixar a campanha apenas por 20 dias no ar: “Parece pouco, mas para a internet não é um tempo curto. Tem muita gente que gosta de apoiar nos ultimos dias pra ver a gente ficar ansioso. O trabalho é muito especial para todos os envolvidos. Se a grana não for captada, o mais provável é que vamos esperar mais um giro da vida pra ele ter seu lugar merecido de impressão. Já esperamos cinco anos. Não temos pressa, e sim um grande carinho pelo projeto.

Para apoiar MCHxSMNCH, clique aqui.

Artur Tavares

Sob o signo de câncer, nasceu de oito meses. Desde este infortúnio, mostrou-se impaciente. Soube aproveitar esta peculiaridade e transformá-la em curiosidade. Odeia rejeitar convites para restaurantes, está sempre com um livro e adora passar os finais de semana em meio à natureza, com suas companhias favoritas e o melhor da música eletrônica.